Faixa de código: 5 Motivos para organizar suas roupas

faixa de código

Faixa de código para cada tipo de roupa que você tem na loja, fazer isso traz benefícios para a organização e rastreabilidade do uso das peças.

Confira abaixo 5 motivos para organizar a codificação das peças por esse modo:

1 – Sequenciamento:

Um dos objetivos do código e prover uma ordem nos produtos, ou seja, além de identificar também serve para ordenar.

Quando definimos uma faixa de código para aquele tipo de Roupa conseguimos saber: Quantas peças temos naquele tipo? e quando compramos novas roupas, conseguimos saber de forma fácil, qual o último código usado e qual será o próximo? 

Exemplo: Digamos que definimos para nossos vestidos de Noivas a faixa de código 50.000 e eu já tenho no meu cadastro 100 vestidos.

Logo, saberei que o  meu último código é o 50100 e que quando eu comprar um novo vestido o sistema irá gerar o código 50101.

2 – Etiquetagem:

O código serve para identificar aquela peça, logo é preciso colocar uma etiqueta nela para que seja possível buscar informações da roupa quando um cliente estiver interessado.

É comum utilizarmos etiquetas com código de barras na roupa ou em uma tag no cabide, isso varia conforme a loja.

faixa de código - tag

Se organizarmos nossos códigos por faixas de tipo, ficará fácil solicitar ao fornecedor de etiquetas personalizadas que ele envie etiquetas de códigos de barras por faixas. Exemplo: de 50101 até 50200.

3 – categorização:

Geralmente temos mais de um tipo de produto na loja.

Por exemplo uma loja que aluga vestidos de noivas também pode alugar acessórios como sapato, bolsa, tiaras. Outra loja que alugue roupas masculinas pode ter além de ternos, camisas, gravatas, sapatos e etc..

Essas categorias de produtos podem ser identificadas também pela faixa do código a que se encontram, assim por apenas ouvir o código já é possível identificar de que tipo de produtos se está falando.

Aqui no blog temos um artigo específico sobre como organizar as faixas por tipo de roupas, confere lá.

4 –  Liberdade:

Uma loja que está dando seus primeiros passos, geralmente começa com um tipo específico de Roupas e aos poucos vai aumentando seu acervo.

Por exemplo, uma loja pode começar alugando vestidos de festa e com o tempo adicionar vestidos de noiva, debutantes, ternos e etc.

Organizar seus códigos por faixas desde o início garante que no futuro você tenha a possibilidade de adicionar outras opções de roupas no seu acervo sem causar grandes impactos nos códigos que você já possui.

5 – Rastreabilidade:

Alugar roupa é diferente de vender.  Aquela roupa carrega consigo uma história e mesmo que existam peças iguais na loja, cada peça é utiliza por uma pessoa diferente, em um período diferente e em um evento diferente.

Saber o que aconteceu com aquela roupa é a função principal do código e por isso é tão importante você estabelecer uma regra geral para a criação de códigos na sua loja.


Ainda não instalou o Dev LocaRoupas?

Avalie grátis nosso sistema de gestão específico para lojas de aluguel de roupas, além de contar com os benefícios citados ainda poderá contar com muitas outras oportunidades de gestão para seu negócio!

btnTestegratis

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com